PALAVRAS EM FOCO

Poemas, músicas, frases, política, educação, ética, filosofia, psicologia, arte, cinema, teatro, diversão,viagens, textos e outras palavras...

terça-feira, 1 de março de 2011

CASA DE EDITH PIAFF À VENDA POR UMA FORTUNA


CASA DE EDITH PIAFF À VENDA POR UMA FORTUNA
Casa, no Sul da França, à venda por 15 milhões de reais

Edith Piaf, a grande dama da canção francesa, é uma daquelas artistas cuja vida, iniciada na extrema pobreza, é um verdadeiro “vale de lágrimas”. Ainda menina, foi abandonada pela mãe, uma prostituta parisiense. Morou uns tempos com o pai, artista de circo, até que, aos 15 anos, já cantando, deixou tudo e foi morar sozinha.

A sua vida, até o final, foi um grande drama: teve uma filha, que morreu com dois anos de idade; perdeu o grande amor de sua vida em um acidente de avião; e uma dor crônica fez com que abusasse durante anos de morfina, o que ajudou a antecipar a sua morte. Faleceu em 11 de outubro de 1963, aos 47 anos, no mesmo dia que o seu grande amigo, o escritor Jean Cocteau.

Edith Piaf comprou a casa de mais de 200 anos, que agora está a venda por cerca de 7 mil euros, algo em torno de 15 milhões de reais, nos anos 50 e lá viveu até a sua morte. Seu corpo, levado para Paris, foi acompanhado por uma multidão poucas vezes vista na capital francesa. Até hoje, o seu túmulo, no famoso cemitério Pére Lachaise, recebe milhares de visitas de fãs de todas as partes do mundo.

É sempre bom ter uma desculpa para ouvir esta que foi uma das maiores cantoras da França de todos os tempos. 
Non, je ne regrette rien é uma canção composta em 1956, com letra de Michel Vaucaire, e melodia de Charles Dumont. Foi gravada a primeira vez por Édith Piaf em 10 de novembro de 1960.
Piaf dedicou sua gravação à Legião Estrangeira, pois estava atuando, na época, na Guerra da Argélia (1956-1962).
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget